9 de março de 2017

FUI VER Logan

Quando o primeiro filme dos X-Men saiu em 2000, fiquei contente demais de ver que os personagens que adorava ver nos quadrinhos e na tv, finalmente estavam "ganhando vida" nos cinemas, mesmo com todas as mudanças visuais ala Matrix, o filme me agradou demais, a única coisa que me incomodou um pouco foi o fato do cara que estava interpretando o Wolverine era meio magrelo e praticamente mais alto que todo o resto do elenco e o Logan que estava costumado a ver, era um baixinho de 1,60m e muito forte, mas enfim, Hugh Jackman soube interpretar razoavelmente bem no começo o personagem e com o tempo foi conhecendo mais o personagem e dando uma direção para mais próximo da personalidade que todo mundo estava acostumado a ler, com exceção daquela merda do X-Men Origens: Wolverine, é claro. rs

Então depois de 17 anos dando vida ao carcaju canadense, Jackman se despede do personagem em Logan, e para ler o review completo, clique em "Continue Lendo".

Ao longo desses 17 anos em que Hugh Jackman deu vida ao querido Wolverine / James "Logan" Howlett , foram seis filmes dos X-Men, entre pequenas participações e até como protagonista; e dois filmes solo do personagem, uma grande merda/desperdício de tempo e outro filme que se não fosse por toda parte final, teria sido um filme razoável; o ator resolveu se aposentar do personagem, pois diz estar velho demais para o papel e que a preparação para os filmes é desgastante demais, volta para fechar a sua história com o Carcaju, num filme que foi anunciado que teria como base da historia o arco dos quadrinhos "Old Man Logan", mas que não seria uma adaptação exata desse arco, afinal, isso seria algo impossível, já que a maioria dos personagens que aparece nessa história a Fox não pode usar nos cinemas.

Com isso, a sinopse de Logan ficou a seguinte "Em 2029, Logan ganha a vida como chofer de limusine para cuidar do nonagenário Charles Xavier. Debilitado fisicamente e esgotado emocionalmente, ele é procurado por Gabriela, uma mexicana que precisa da ajuda do ex-X-Man para defender a pequena Laura Kinney / X-23. Ao mesmo tempo em que se recusa a voltar à ativa, Logan é perseguido pelo mercenário Donald Pierce, interessado na menina.", filme que além da despedida de Jackman, é também a despedida do ator Patrick Stewart como Charles Xavier / Professor X, o diretor James Mangold, que também dirigiu Wolverine Imortal, retorna para esse fechamento, mas agora não como substituto de última hora como foi no filme anterior, dessa vez participando desde o início da produção do filme, ao lado de Jackman.

Como falaram, a saga "Old Man Logan" é apenas a base da história do filme, que de igual aos quadrinhos só tem o fato de termos um filme sobre uma viagem e de mostrar um Wolverine cansado da vida de herói e velho; velho e com seu fator de cura debilitado devido ao envenenamento causado pelo adamantium que tem em seus ossos e cheio de traumas que o perseguem constantemente e não o deixam dormir; condição que o ator soube dar vida nas telas sem parecer exagerado e de forma perfeita, além de que ser a melhor adaptação e que chega mais próximo do personagem dos quadrinhos; outro ator que é grande destaque e dá um show pela interpretação, é do ator Patrick Stewart, que mostra um Xavier com 90 anos de idade e com uma doença degenerativa no cérebro, o que já causou muito mal à muitas pessoas e mutantes, tanto que o Governo Americano passou a classificar o velho Professor X como uma arma de destruição em massa; acredito que as interpretações de Jackman e Stewart ficou tão boa por causa da longa data que eles estão dando vida e o quão bem familiarizados estão com esses personagens. A jovem atriz Dafne Keen, que faz sua estreia em filmes, nos apresenta de forma magnifica a pequena Laura Kinney, que resultou e grandes elogios os atores mais velhos e experientes do elenco e de grandes críticos do cinema.

Olha, eu não sei o que aconteceu internamente lá na Fox para liberarem fazer o filme como foi feito, ou o que Hugh Jackman prometeu para os executivos do estúdio, só sei que esse é, até o momento, o melhor filme de toda franquia X-Men nos cinemas, pois é o que é mais fiel à essência dos personagens que se propõe adaptar dos 6 filmes dos Filhos do Átomo, em nenhum outro temos um Wolverine/Logan tão rabugento, que leal à quem ele ama e que não está nem ai para os outros que não lhe interessam, sem contar na violência, que faz parte da vida do Logan e em todos os filmes anteriores era algo mais implícito, agora nesse filme vemos ele cortando, espetando, matando todo mundo que fica em seu caminho e que representa uma ameaça, ou está atrapalhando de alcançar o seu objetivo, sem contar as explosões de fúria, em que Logan deixa o seu lado animal livre e vemos ai o temido Wolverine, coisa tão comum de ver nos quadrinhos, agora temos da melhor forma que poderia ser adaptada.

Agora quem falou que o filme do Deadpool não iria impactar em nada nas produções futuras da Fox e que era apenas um filme com violência exagerada, pode começar a se desculpar, pois eu tenho toda certeza do mundo que se o filme do Pool tivesse sido um fracasso, não veríamos o melhor filme Logan da forma que foi feito, então só podemos agradecer à Ryan Reynolds por termos o melhor filme do Wolverine.

Então se você ainda não foi assistir esse filme, vá, porque tenho certeza que não irá se arrepender, pois não é um simples filme de super-herói, não se preocupe que não vai aparecer nenhum samurai transformer no final ou algo tão estúpido, esse é um filme de drama com ação e que vai te emocionar no final, sem sombra de dúvidas, pois a vida do Logan sempre foi uma tragédia atrás da outra e ver esse personagem tão traumatizado no declínio é emocionante, sem contar o Professor X, que depois de anos lutando e resistindo contra todo o preconceito e ódio de quem não era mutante e trabalhando pela harmonia entre humanos e mutantes, o ver sofrendo por causa de uma doença degenerativa é triste, enfim, o filme é incrível e a perfeita despedida do para o ator Hugh Jackman.

Nenhum comentário :

Postar um comentário