12 de agosto de 2016

FUI VER Esquadrão Suicida

Esquadrão Suicida, agora todo mundo conhece e é fã ou o odeia e conhece desde sempre, ou seja, desde que anunciaram que iriam fazer um filme deste grupo que só os leitores mais hardcore da DC Comics conhecem, exatamente a mesma coisa que aconteceu com o agora muito famoso e conhecido Guardiões da Galáxia, porque por mais que tu jure que conhecia os quadrinhos destas duas equipes, a probabilidade de ser mentira é muito maior do que ser verdade. Não fez sentido? Não entendeu? Leia de novo até entender. rsrsrs

Só que ao contrário do galhofeiro e surtado filme da Marvel que tem um guaxinim e uma árvore como alguns dos protagonistas, o filme do Esquadrão não foi bem recebido pelos críticos "especializados" e por alguns entendidos do assunto, bom, eu ignorei todo esse povo e fui ver com os meus próprios olhos para tirar as minhas conclusões.

Entre e confira o post completo.

A sinopse de Esquadrão Suicida é a seguinte: "Após a aparição do Superman, a agente Amanda Waller está convencida que o governo americano precisa ter sua própria equipe de metahumanos, para combater possíveis ameaças. Para tanto ela cria o Força Tarefa X, onde perigosos vilões encarcerados são obrigados a executar missões a mando do governo. Caso sejam bem-sucedidos, eles têm suas penas abreviadas em 10 anos. Caso contrário, simplesmente morrem. O grupo é autorizado pelo governo após o súbito ataque, Desta forma, Pistoleiro, Arlequina, Capitão Bumerangue, Crocodilo, El Diablo e Amarra são "convocados" para a missão.", o filme tem a direção de David Ayer, que também foi responsável pelos ótimos Corações de Ferro e Dia de Treinamento, no elenco temos Will Smith como Floyd Lawton/Pistoleiro, Jared Leto como Coringa, Margot Robbie como Drª F. Harleen Quinzel/Arlequina, Viola Davis como Amanda Waller, Joel Kinnaman como Rick Flag, Jai Courtney como George "Digger" Harkness/Capitão Bumerangue, Karen Fukuhara como Tatsu Yamashiro/Katana, Cara Delevingne como June Moone/Magia, Adewale Akinnuoye-Agbaje como Waylon Jones/Crocodilo, Jay Hernandez como Chato Santana/El Diablo, Adam Beach como Christopher Weiss/Amarra.

Confesso para vocês que nunca li nada do Esquadrão Suicida e o pouco que conheço do grupo é de outras adaptações que a equipe já teve, como na série Smallville ("Somebody saaaaaaave me", fale a verdade leu cantando a música da abertura! rsrs) de alguns anos atrás e mais recentemente na série Arrow, vi também na ótima animação Batman: Assault on Arkham, fora essas referências do grupo, sei mais uma ou duas coisas que fui pesquisar para conhecer um pouco mais.

Então não espere ler coisas como "mas isso não é igual aos quadrinhos" ou "não se parece em nada com o que eu li.", como disse, mal conheço o Esquadrão Suicida e na verdade mal conheço outros personagens da DC Comics, quando moleque só lia Homem-Aranha e X-Men. Com isso eu acabo achando mais gostoso assistir os filmes da Warner/DC, porque ai não fico tão chato e vejo o filme mais como um todo e não fico procurando referências ou fidelidade ao material original, só me preocupo mesmo em me divertir com o filme, o que este cumpre com perfeição no quesito diversão, mas não é um filme perfeito, tem algumas falhas e algumas bem graves, um exemplo disso é que um dos vilões principais não tem nem o nome dele mencionado durante o filme todo, é chamado apenas de "meu irmão". rsrsrs

Outra coisa que considero um erro foi o marketing do filme que nos 3 trailers principais dava a entender que o Coringa seria uma das ameaças principais no filme, mas no final não é nada disso (desculpa o spoiler.); outra vez a Warner erra na edição do filme, que fez alguns cortes estranhos e para encaixar cenas que foram feitas após a primeira versão apresentada ao estúdio e que pelo visto estas novas cenas foram para tentar modificar o tom do filme, que tem momentos que parece sério e sombrio como BvS e em outros momentos chega perto de ser um filme da Marvel, com um pouco mais de seriedade e um tom de cores mais escuros. Ou seja, a Warner cometeu o mesmo erro com os dois filmes da DC que lançou só este ano, não me surpreenderia uma versão Edição Definitiva quando sair o bluray do Esquadrão com o corte original do filme, assim como aconteceu com o Batman Vs Superman, entre outros pequenos erros, mas que não são tão graves assim e que não seriam coisas ao ponto de tornar o filme uma bosta terrível e que não deveria ser assistido por ninguém, pois é isso que muitos dos "críticos especialistas" tem dito.

Ah, outra coisa que me incomodou e é algo totalmente pessoal; Will Smith, poxa vida, o cara é bom ator, mas não adianta né? Ele vai ser sempre o Will Smith que todo mundo conhece, não importa o tipo do personagem que ele faça, esse personagem vai sempre ser carismático e até na verdade um cara de bom coração (spoiler 2, desculpa de novo e chega.), acho que se ele tivesse ficado mais tempo com a máscara do Pistoleiro e mostrado menos a cara dele mesmo, talvez desse para crer que o vilão dele é mesmo um cara ruim, e não só um cara que tomou o caminho errado na vida. rsrs

O filme tem uma história bem simples e até meio obvia, aquela do grupo de heróis da vez que vão enfrentar o grande vilão e no fim vai dar tudo certo e ninguém da equipe morre (padrão Marvel filmes), só que o nome do filme é Esquadrão Suicida, então tem quem morre nesse, afinal, tem que fazer jus ao nome do grupo. rsrsrs Tem um plot twist até que legal lá pelo final; a interpretação da atriz Viola Davis é incrível e te faz odiar mais a Amanda Waller que os próprios vilões; a Arlequina da Margot Robbie é engraçada demais e rouba a cena na maioria das vezes que aparece; e vou ter que assumir que passei um bom tempo falando mal do visual do Coringa do Jared Leto e após assistir o filme, o visual combina demais com a forma que ele é apresentado no filme e o personagem ficou assustador em alguns momentos, além de que fiquei com vontade de ver mais do personagem, pena que cortaram tantas cenas dele, ao ponto do ator Jared Leto reclamar publicamente.
Mais uma coisa que gostaria de falar, é sobre a polêmica do mini shorts da Arlequina no filme, vi muitos posts no Facebook, Twitter e em outras redes sociais do povo reclamando e achando um absurdo terem sensualizado tanto a personagem que surgiu no desenho do Batman nos anos 90, bom, que eu me lembre, ela já era uma personagem bem sensualizada nesse desenho e pelo que vi, quando ela migrou para os quadrinhos a deixaram mais sensual ainda, nos jogos da série Arkham a mesma coisa, então não entendo essa reclamação, ainda mais vendo que a Magia passa o filme todo de biquíni e fazendo uma dancinha bem da legal (se é que me entende parça... ( ͡° ͜ʖ ͡°) ) enquanto faz as magias dela, sem contar que se a reclamação for em relação a forma como foi feita a adaptação, fica mais idiota ainda, a Magia dos quadrinhos em comparação com a do filme tem muito mais roupa, não entendo essas feministas de redes sociais, reclama do shorts mostrando 1/3 da bunda de uma atriz, mas ai fica de boas com outra atriz no mesmo filme ficando de biquíni o tempo todo e fazendo uma dança bem sensual. AaAaAaAaAaAa...

Enfim, o filme é bom, mas poderia ser melhor e aparentemente até tem potencial para ser melhor, não acho que seja melhor que o BvS, mas acho que seja mais ou menos no mesmo nível do Briga Civil da Marvel, o filme do Esquadrão Suicida diverte na medida certa, tem uma ótima trilha sonora, tem as suas falhas, tem algumas ótimas interpretações dos atores, merece ser assistido pelo menos uma vez no cinema, não me aprofundei mais na história dele, pois ai seria um post só com spoilers e sei que tem quem acessa o blog e que não suporta spoilers, então passei a não fazer mais posts com tantos spoilers. rsrsrs


Nota para Esquadrão Suicida: Ah, chega dessa p#%*@... rsrsrs



Se gostou compartilhe com os amigos(as), deixe seu comentário, me xingando ou elogiando, criticas construtivas são sempre bem vindas.
Se cuidem e até a próxima.

Nenhum comentário :

Postar um comentário