2 de maio de 2016

JÁ ASSISTIU Sword Art Online?

Olha quem resolveu aparecer por aqui??? EeEeEeEeEuUu, e não, não vou brincar com a frase do Chapolin Colorado! Desculpa a falta de atualizações pessoal, mas o meu trabalho remunerado exigiu muito de mim essas últimas semanas e não tenho tido tempo para praticamente nada além dele, não tenho tido tempo, disposição ou vontade de fazer qualquer outra coisa a não ser chegar em casa, deitar e dormir, ou ver algo na TV que não exija muito raciocínio. Ai junta que mudei de apartamento, resolvi pintar uma das paredes do novo quarto, procurar móveis, tirar tudo das caixas (quase tudo no meu caso. =/ ) e colocar nos devidos lugares, enfim, chega de enrolar e desabafar, o blog não é meu terapeuta.
---
Realidade Virtual, acho que dez em dez jogadores de qualquer tipo de jogo eletrônico já parou para ficar pensando em como seria o seu jogo favorito em R.V., acredito que principalmente os jogadores de MMORPGs (Massively Multiplayer Online Role-Playing Game) e FPS (First Person Shouter), afinal, quem não gostaria de poder controlar e interagir mais com aquele universo que só pode controlar através de um joystick ou do teclado e mouse.

Acredito que foi com essa ideia em mente o autor Reki Kawahara criou a história de Sword Art Online (SAO), que inicialmente foi publicado como um mangá pela Dengeki Bunko, para depois ser adaptado para um anime produzido pelo estúdio A-1 Pictures e teve até o momento duas temporadas, sendo que a primeira com 25 episódios e a segunda com 24 episódios, o anime adapta inicialmente somente os dois primeiros arcos do mangá e até o momento estão disponíveis no catálogo do Netflix, onde pude assistir.

Para saber mais deste anime que consegui assistir no pouco tempo que tem sobrado, veja o post completo.

A sinopse de Sword Art Online é: "No ano de 2022, o jogo Sword Art Online é lançado, um jogo em de Virtual Reality Massively Multiplayer Online RPG (VRMMORPG). Com o equipamento Nerve Gear, um capacete de realidade virtual que estimula no usuário os cinco sentidos através de seu cérebro, os jogadores podem experimentar e controlar seus personagens no jogo com suas mentes. Em 6 de novembro de 2022, todos os jogadores ao entrar pela primeira vez, descobrem que eles são incapazes de sair. Eles são então informados por Kayaba Akihiko, o criador do SAO, que se eles quiserem sair do jogo, eles devem chegar ao 100º andar da torre do jogo e derrotar o chefe final. No entanto, se os seus avatares morrerem no jogo, seus corpos também morrerão no mundo real.", com isso a história passa a ter como personagem principal Kazuto "Kirito" Kirigaya, um habilidoso jogador que participou do período de testes do SAO sem problemas e pode se adaptar bem neste mundo que lembra a era medieval, onde não existem armas de fogo ou a tecnologia do futuro, agora com esse novo desafio em vista, Kirito escolhe lutar para conquistar os 100 andares do Aincrad e se libertar daquela prisão.

A primeira temporada do anime é sobre como Kirito e seu grupo de amigos conseguem sobreviver neste mundo por tanto tempo e passando por tantos riscos, que mesmo sendo apenas um jogo, é um jogo mortal, pois neste não existe a chance do “Continue” ou “check-point” que estamos tão acostumados a ter nos jogos de hoje em dia, já que a morte no SAO também significa morrer no mundo real. É legal ver como que as pessoas que ficaram presas escolheram continuar a viver no jogo, algumas escolheram se tornarem guerreiras para assim vencer os desafios e assim poder encerrar o cativeiro de todos, outros escolheram apenas viver no mundo do SAO como pessoas comuns, fazendo coisas comuns, formando famílias e fazendo novos amigos.


Já a segunda temporada tem a seguinte sinopse: “Kirito e seus amigos sobreviventes de Sword Art Online (SAO) agora são jogadores ativos de Alfheim Online (ALO – que conhecemos no arco final da primeira temporada e é o jogo que “substituiu” o SAO como o grande VRMMO), porém não demora até o protagonista se meter em outra enrascada. Kikoua Seijirou, um agente do governo com quem vinha mantendo contato desde o fim do incidente de SAO, contrata Kirito para atuar em uma investigação dentro do VRMMO Gun Gale Online (GGO). O caso a ser investigado gira em torno de um avatar conhecido como Death Gun, que supostamente consegue matar pessoas na vida real com um ataque cardíaco com sua arma especial no jogo, a Death Pistol. Kirito transfere seu personagem de ALO para GGO, onde acaba assumindo uma aparência inesperadamente feminina. Lá, ele conhece Sinon, uma jogadora veterana que está no VRMMO para superar seus próprios medos. Sinon guia Kirito pelo jogo, a princípio pensando se tratar de uma mulher, mas ambos rapidamente se desentendem quando a verdade vem à tona.”. 

Essa segunda temporada é igualmente boa, pois mostra como alguns sobreviventes estão tentando se readaptar ao mundo real, afinal, eles ficaram mais de dois no mundo do SAO, por causa de sua experiência adquiridas no passado, Kirito passa a estudar sobre realidade virtual para um dia poder melhorar a tecnologia de realidade virtual e descobrir como evitar situações pelas quais ele passou. Por causa do que ocorre no começo da temporada no GGO, Kirito precisa voltar a se arriscar para que outras pessoas não passem pelo o que ele passou no SAO.

Recomendo fortemente que você assista este anime, pois além de ter uma excelente história, onde vemos um grande desenvolvimento de personagens, temos uma boa dose de ação, momentos emocionantes e os traços da animação são muito bonitos, é diversão garantida e de excelente qualidade, uma pequena que ainda não tem nenhuma previsão de quando irá sair uma terceira temporada ou se irá ter, bom, pelo menos não encontrei nenhuma informação.

Nota para Sword Art Online 1 e 2: 4.9 de 5.0.

Nenhum comentário :

Postar um comentário