5 de novembro de 2015

JÁ LEU Sandman: Prelúdio?

Sandman é uma das melhores história que já li até hoje, se você não leu nada sobre o Senhor do Sonhar, conhecido também como Morpheus, ou Devaneio, ou simplesmente Sonho, um dos sete Perpétuos, você precisa ler suas histórias, pelo menos algumas, já que cada volume dos encadernados tem mais de 400 páginas e são quatro volumes no total, nem todo mundo tem tempo, dinheiro (cada um custa média de 140 reais) e disposição suficiente para essa obra por inteiro, mas que merece ser lida por todos.

Bom, se você não conhece The Sandman, aqui vai um resumo do resumo e bem rápido, é a história de Sonho, um dos sete Perpétuos (Destino, Morte, Sonho, Destruição, Desejo, Desespero e Delírio), entidades que personificam vários aspectos do universo, nos primeiros capítulos de Sandman vemos Morpheus sendo capturado por um velho bruxo e ficando aprisionado por mais de 70 anos em um porão de uma velha mansão, a sua fuga dessa prisão e a busca por seus itens a muito perdidos, esse basicamente é o começo de Sandman e em Prelúdio vamos descobrir como um ser tão poderoso e antigo como Sonho pode ser capturado por um simples bruxo.
Sonho com os seus aspectos.
A sinopse dessa nova história de Sonho(Morfeus), um dos Perpétuos é a seguinte: "Mais de 25 anos após revolucionar a cena dos quadrinhos, Neil Gaiman está de volta à série e ao personagem que o consagraram! Acompanhado pelo magistral J.H. Williams, que trouxe uma dimensão épica à saga com sua arte extremamente detalhada e grandiosa, Gaiman agora revela a história do que deixou Morfeus fraco a ponto de ter ficado vulnerável o suficiente para ser capturado na edição de estreia de The Sandman. Diversos coadjuvantes queridos pelos fãs farão aparições nas seis edições originais que compõem a minissérie, incluindo o Coríntio, Merv Cabeça-de-Abóbora e, é claro, os Perpétuos!", está sendo lançada pela Panini Comics em uma edição de luxo em capa dura, reúne os dois primeiros capítulos das seis partes dessa nova história.


Eu só fui ler Sandman a pouco tempo atrás, mas sempre ouvi que era uma das melhores histórias já publicadas em quadrinhos, após ler entendi o porque de ter essa fama, é uma obra incrível, extremamente séria e é considerado o melhor trabalho do autor Neil Gaiman, foi lançado originalmente entre 1988 e 1996 num total de 75 edições da revista mensal, esse retorno estava programado para ser no aniversário de 20 anos de criação do personagem lá em 2008, mas devido a problemas de negociação entre Gaiman e a DC Comics, o lançamento de Prelúdio acabou atrasando e só começou a sair em 2013, quando foi descido que seriam 6 novos capítulos com lançamento bimestral, mas devido a novos problemas houveram diversos atrasos, por causa disso a sexta e última edição só saiu no último mês de setembro lá nos EUA, com o termino das publicações de Prelúdio lá nos EUA, a Panini Comics pegou o material para ser publicado aqui no mercado brasileiro, só que divido em 3 edições em capa dura que vai reunir em cada um deles dois capítulos dessa nova história de Morpheus.

Esse primeiro capitulo é basicamente uma introdução das coisas que irão acontecer em Prelúdio, ao mesmo tempo em que refresca a memória de quem já leu Sandman, essa história re-apresenta quem é Sonho, o Reino do Sonhar, alguns dos súditos do palácio do rei dos sonhos como o bibliotecário Lucien, o faxineiro Merv Cabeça de Abobora e uma das representações do pesadelo Coríntio, além de mostrar os irmãos mais velhos de Sonho, os perpétuos Destino e Morte. 


Primeiras páginas de
Prelúdio.
Além de ter um bom inicio de história em que mostra um dos aspectos de Sonho morrendo de uma forma inexplicável e assim causando a reunião de todos os seus aspectos para discutir o fato ocorrido, esse novo material tem nos desenhos de J.H. Williams praticamente uma obra de arte, que assim como no Sandman são um complemento da história, com muitas cores e detalhes desde a diagramação de cada página até o formato de cada quadro da história, hora são quadros comuns, hora vemos a história como se refletissem nos dentes de um dos personagens, mas independente de como a página tenha sido montada, você não perde o sentido e a forma que deve ser lida cada página.

Se você já conhece e é fã da obra de Neil Gaiman e de Sandman, você vai gostar desse novo capítulo na história do Rei do Sonhar, ou se não conhece, mas tem a vontade de conhecer e não sabe por onde começar ou agora não tem como comprar os encadernados da edição definitiva do Sandman, pode começar por Sandman: Prelúdio tranquilamente, porque ele é basicamente uma introdução de tudo que foi publicado lá no final dos anos 1980 até meados dos anos de 1990. Sandman – Prelúdio # 1 está sendo publicado pela Panini Comics em formato americano (18,5 x 27,5 cm), com 56 páginas e capa dura, o preço dele é de R$ 21,90, mas você já encontra em alguns sites por menos de R$ 20, só dar uma boa pesquisada que você acha por um bom preço.

Nenhum comentário :

Postar um comentário