9 de novembro de 2015

JÁ ASSISTIU O Agente da U.N.C.L.E.?

E a onda de refilmagens/adaptações de filmes e séries antigas e não necessariamente clássicas, eu pelo menos só tomei conhecimento de onde saiu a ideia para esse filme depois que vi o primeiro trailer, que temos em Hollywood está com tudo mesmo, temos mais um filme que se aproveita dessa onda e refilma/adapta a séria dos anos de 1960 "The Man from U.N.C.L.E.", olha, acho que essa onda só não é maior que a de fazer filmes baseados em alguma história em quadrinhos, me corrija se eu estiver errado.


A sinopse é "Tendo como cenário a década de 1960, no período inicial da Guerra Fria, temos o agente norte-americano Napoleon Solo da CIA e o agente russo Illya Kuryakin da KGB, que se unem em uma missão conjunta para parar uma organização criminosa internacional misteriosa, que decide desestabilizar o frágil equilíbrio de poder através da proliferação de armas nucleares e da tecnologia. A única pista da dupla é a filha de um cientista alemão desaparecido, que é a chave para infiltrar-se na organização criminosa e eles terão de correr contra o tempo para encontrá-la e evitar uma catástrofe mundial.", o filme foi dirigido pelo diretor Guy Ritchie, responsável pelos ótimos Snatch, Rock'n'Rolla e dois Sherlock Holmes protagonizado pelo Robert "Tony Stark" Downey Jr., o elenco é formado por Henry Cavill (Imortais, Man Of Steel) como Napoleon Solo; Armie Hammer (O Cavaleiro Solitário, vixi...) como Illya Kuryakin; Alicia Vikander (Ex-Machina) como Gabriella Gaby Teller; Hugh Grant (ah, você conhece...) como Alexander Waverly; e Jared Harris (o Professor Moriarty do Sherlock) como Saunders.


Elenco relativamente bom, Henry Cavill e Arnie Hammer que formam a dupla de protagonistas não deixam a desejar e fazem um bom trabalho, o inglês Cavill faz um norte americano que viveu muito tempo na Inglaterra e arrasta no sotaque, o norte-americano Hammer também não faz feio na hora de colocar um sotaque russo nas falas, já o inglês Hugh Grant, ainda bem que a participação dele é pequena (hehehehe, não consigo gostar desse ator, acho muito canastrão e péssimo ator), o que importa é que os protagonistas desempenham bem os seus respectivos papéis e não deixam a peteca cair (nossa, nem minha mãe fala mais isso... Molecada, se vira pra entender. rs) durante o filme.

Agora o que mais me agrada mesmo é a direção e o estilo de filmagem do Guy Ritchie, que mantem o estilo dos anteriores, onde sabe trabalhar bem as cenas de ação, que não lembra a ação dos 007s ou de um Velozes e Furiosos (graças a deus), então são muitas vezes cenas rápidas e filmadas sem a imagem fazer grandes acrobacias e/ou malabarismos; também acho que Ritchie sabe usar na hora certa uma cena de bom humor ou uma fala engraçada, não ficando aquela coisa forçada que acaba quebrando a tensão na hora errada ou tirando a importância de uma cena séria que veio antes da piada, isso é algo que nem todo diretor sabe trabalhar. 

Não tenho como fazer uma comparação de como era a série que deu origem ao filme e nem conheço alguém que tenha assistido para fazer tal comparação, mas a história do filme é bem clichê, com os protagonistas que se odeiam no começo, criam uma amizade durante a história para no final ficarem amigos sem querer admitir isso, a mocinha inocente que não é bem o que parece ser e ai do nada deixa de ser inocente, os vilões que querem criar o caos no mundo para poder lucrar com isso, só faltou a risada maléfica. hehehehe Enfim, acho que a soma tudo isso acabou sendo o motivo do fracasso de bilheteria e criticas, ou simplesmente foi o pé frio do Arnie Hammer que causou o fração do filme e que também foi protagonista em O Cavaleiro Solitário, o filminho ruim, nunca consegui assistir ele inteiro. Mas eu achei esse O Agente da U.N.C.L.E. um filminho gostoso de assistir para relaxar e distrair um pouco no final do dia depois de muito trabalho, mas confesso que me interessei mais por esse filme por causa do Guy Ritchie, sou fã dos filmes dele, mas esse não está nem perto de ser um dos melhores já feitos por Ritchie ou entre as melhores adaptações já feitas, está mais para um filme da Sessão da Tarde.

NOTA (sim, agora tem nota, facilita a minha vida, ou não... rs): 2,75 de 5.

Trailer:

Nenhum comentário :

Postar um comentário