14 de setembro de 2015

JÁ LEU A Era de Ultron: Futuros Alternativos.

Se você já leu o arco de histórias em quadrinhos "A Era de Ultron" que repercutiu em praticamente todas as revistas da Marvel em 2013 ou se apenas leu a publicação que comento sobre essa saga que saiu este ano em um encadernado publicado pela Editora Panini.

"A Era de Ultron: Futuros Alternativos" é mais uma publicação da linha de histórias "What if ...? (E se ...?)" que a Marvel tem o costume de lançar normalmente após alguma grande saga que tenha envolvido todo o universo dos heróis ou se foi uma história de grande relevância para a Casa de Ideias.

Se você nunca leu nada e não tem ideia do que seja a linha "E se ...? (What if?)", ela pega alguma história ou saga da Marvel e modifica algum momento-chave modificando todo o rumo daquela história ou da um outro rumo para os desfechos da história, por exemplo, em uma dessas histórias, é dado um novo fim para Planeta Hulk que ao em vez de Caiera morrer, quem morre é o Hulk e quem vai para a Terra em busca de vingança é Caiera em Planeta Hulk, com isso temos um desfecho totalmente diferente do que vimos nas saga originais.

A sinopse é a seguinte "Em A Era de Ultron, Wolverine viajou no tempo e matou Hank Pym antes que ele pudesse criar a inteligência artificial genocida conhecida como Ultron. Mas e se, em vez disso, outros importantes Vingadores tivessem sido mortos? Descubra a resposta em cinco aventuras diferentes! Num mundo sem a Vespa, Hank Pym criou um Ultron ainda mais terrível do que aquele que conhecemos! Sem o Homem de Ferro, a Guerra das Armaduras arrasaria o planeta até o Homem-Aranha formar um Quarteto Fantástico para sair em busca de uma arma esquecida! Sem Thor, o Ragnarok elimina todos os superseres – deixando apenas Nick Fury e seus aliados sem poderes para enfrentar a Serpente de Midgard! Sem o Capitão América, os Estados Unidos perdem seu espírito de luta – até que uma cabala secreta usa Frank Castle para recriar uma lenda! E o que aconteceria se todas essas realidades caíssem sob o poder de Ultron?".

Eu particularmente gosto da "A Era de Ultron", mesmo ela sendo meio confusa e estranha, entra aqui e confere o meu post sobre essa saga, bom, vamos lá então, já começo dizendo que não gostei desse especial, os principais motivos foram, roteiro das histórias apresentas são todas bem fracas, os desenhos dos quadrinistas que sempre se alterou nas cinco histórias, mas a principal situação que mais me incomodou foi como eles fizeram para modificar os momentos chave que acabava modificando toda a história do universo Marvel.

Esse momento é como eles fizeram para que Vespa, Homem de Ferro, Thor, Capitão América, morressem em cada uma das histórias e modificasse todo o futuro, todo morrem do mesmo motivo, uma dor de cabeça extrema ou sei lá que acaba matando esses personagens em momentos chave da história, o pior não é isso, não é explicado o porque disso acontecer, ai que entra a parte do roteiro fraco que comentei, em todos os outros especiais da linha "E se ...?" que eu li, sempre foi dado um motivo bem simples, mas que tem toda lógica, em "E se? Planeta Hulk" é o Hulk que morre e não sua esposa; em "E se? O Cerco." o Homem de Ferro não foi capaz de jogar o aeroporta-aviões no Sentinela; agora a tal dor de cabeça assassina de heróis nunca é explicada em momento algum das histórias, mesmo que sejam histórias em quadrinhos, que nada nelas são plausíveis, orra meu, faça algo bem feito pelo menos.

E como disse, os traços dos quadrinistas escolhidos para desenhar as histórias eu achei bem todos bem estranhos para mim, parecendo uma coisa mal feita ou feita as pressas, pode ser que seja o estilho de traços desses artistas, mas não me agradou, pode ser que alguém goste.

Enfim, fiquei bem decepcionado com essas histórias, se eu tivesse pago caro no encadernado teria ficado bravo e muito mais decepcionado, sorte que achei por 20 reais, não é tão caro se comparado com a maioria dos encadernados que termos por ai.

Segue abaixo os scans de algumas páginas das histórias.

    


Nenhum comentário :

Postar um comentário