17 de agosto de 2015

FUI VER Missão: Impossível - Nação Secreta

Nação Secreta, o quinto filme da franquia Missão: Impossível estreou nos cinemas na quinta-feira passada (13/08) e assim já podemos ir ver na tela grande a mais nova cena absurda executada pelo ator Tom Cruise, cena que já se tornou praticamente uma das marcas e atrativos da franquia.

Sinopse: "Ethan Hunt descobre que o famoso Sindicato é real, e está tentando destruir o IMF. Mas como combater uma nação secreta, tão treinada e equipada quanto eles mesmos? O agente especial tem que contar com toda a ajuda disponível, incluindo de pessoas não muito confiáveis.".

Domingão, nada para fazer, então lá fui eu para o cinema assistir o novo Missão: Impossível, como sempre o filme não decepciona e faz valer cada real gasto, são duas horas de entretenimento de ótima qualidade, com cenas de ação bem executadas, não tão absurdas e exageradas como em outros filmes de ação ao ponto de você se pegar falando "ah para, isso é ridículo!", para mim são só situações forçadas, como a cena do Ethan pendurado no avião e a perseguição que envolve carro e motos, mas que passam numa boa, já que sempre são pequenas e rápidas.

Esse quinto filme não é tão bom quanto o Protocolo Fantasma (M:I 4) e o Missão: Impossível 3, que são na minha opinião os melhores filmes até agora da franquia, mas também não é um Missão: Impossível 2 que não é ruim, mas também não é bom. hehehe 



Mas vamos lá, Nação Secreta começa como uma continuação direta do filme anterior, com a IMF passando por uma investigação do governo americano e sofrendo as consequências dos atos de seus agentes, Ethan como sempre está fora em alguma missão e dessa vez ele descobre do pior jeito possível que o tal Sindicato que ele vinha investigando é real mesmo e que está trabalhando para derrubar a IMF, agora ele precisa trabalhar somente com seus amigos e parceiros para poder deter essa agência que é o total oposto da agência para que ele trabalha.

No filme é levantado a questão de as vezes é preciso passar alguns limites para deter o mau, mas de forma que não prejudique pessoas inocentes no processo, também desenvolve melhor o personagem Benji Dunn, que é interpretado novamente pelo ator Simon Pegg, dando mais espaço e participação dele, mas ele ainda é o alivio cômico do no filme, um que é meio que colocado de lado é o personagem do ator Jeremy Renner, William Brandt, que anteriormente dito como o provável substituto de Ethan Hunt no cargo de protagonista da franquia e agora está mais para um burocrata da IMF e faz o trabalho chato de ter que ficar explicando as ações tomadas para os políticos supervisores da agência. O vilão da vez também não achei tão bem desenvolvido como nos anteriores, pareceu só mais um cara que se revoltou com a agência para que trabalhava e resolveu tocar o foda-se pro mundo e criar o caos, tanto que ele tem uma cena rápida logo no começo e depois só volta a aparecer mais após a metade do filme.


CG só para tirar as cordas que o seguravam.
(clique para amplicar)
Vamos lá comentar sobre as cenas de ação, como em algumas propagandas do filme dizem, as cenas parecem reais porque elas são reais, não há CG ou há muito pouco, praticamente todas as cenas de ação foram feitas por dubles e pelo Tom Cruise, que se recusa usar um duble nas suas cenas, ok, sei que todo mundo já sabe disso, mas o cara está cada vez mais pirado, a cena do avião que aparece no trailer e está na abertura do filme, foi feita pelo ator mesmo, ele ficou pendurado pelo lado de fora do avião enquanto decolava, somente amarrado com umas cordas e usando lentes especiais para proteger os olhos de algo que pudesse machucar, assim como as cenas de perseguição de carro e moto, todas executadas pelo ator, para o filme é realmente muito bom, porque assim não precisa ficar fazendo cenas à distancia ou aquelas que dão na cara que é apenas um fundo verde, deixa muito melhor o filme assim, mas as seguradoras vão a loucura com ele, tanto que no Protocolo Fantasma, para ele poder fazer a cena de escalada do prédio, a seguradora contratada inicialmente para o filme foi demitida pois não queria permitir que Tom fizesse a cena, então uma outra foi contratada e que permitiu a cena ser filmada com ele, louco, mas legal ao mesmo tempo e como é bom ser o dono da bola nessas horas. hahahahahahahahahaha

Algumas cenas de bastidores do filme:


Como fizeram a cena do avião.


Enfim, Missão: Impossível: Nação Secreta é um ótimo filme de aventura/ação, é divertido, não é o melhor da franquia, mas para mim está entre os três melhores, merece ser assistido nos cinemas, graças à deus não tem versões em 3D que só deixam a imagem do filme mais escura e na grande maioria das vezes é bem dispensável, então vá ao cinema de sua preferência e assista, deixa para pegar na internet só depois que sair com imagem boa e já ter contribuído com a bilheteria.

Um comentário :

  1. Muito bom o post, mas vou esperar a quarta feira pra proteger meu porquinho! não esqueça de visitar o www.gordicesenerdices.com.br

    ResponderExcluir